Lucas Sanseverino para Lobato

Lucas Sanseverino para Lobato


São José dos Campos, 01 de abril de 2019.

Querido Monteiro Lobato,
Confesso que ao ler sua carta fiquei um pouco perdido. Sei que as palavras são eternas, mas expressões caem nos ponteiros dos anos. Caso aconteça o mesmo ao ler minha resposta, entenda de maneira simples meu pensamento, afinal não sou poeta, sou um comunicador de palavras ditas nas calçadas. Já você não é somente um sublime escritor, é também um profeta!
Pasme: os EUA já elegeram um presidente negro! Barack Obama, um democrata, protestante, que conseguiu até melhorar a imagem dos gringos pelo mundo. Foram 8 anos de governo. Várias conquistas de igualdade e libertação. Ele levantou bandeiras de todas as cores. Deu voz para quem estava rouco de tanto gritar com as paredes.
Mas como um bom enredo, fatos inesperados acontecem! Isso para um escritor é até interessante, mas acredito que nem um autor de tragédia grega imaginaria esse drama.
Donald Trump, republicano, empresário, figurinha de televisão, que ajudava o mundo decidir a beleza feminina medindo a cintura e o quadril, venceu uma mulher na disputa presidencial e substituiu Obama.
Se a melanina trouxe luz para quem estava cego de crença, a falta dela levantou muros de mesquinharia. O discurso forte baseado em moral é parede de papel que tenta esconder sangue de ignorância, com direito a tweets e prostituta silenciada por contrato.
Escreva sim ao americano! Seu talento é capaz de romper fronteiras, mesmo que estas estejam cercadas. Só não entenda a infantilidade deles como sadia, ela é egoísta mesmo! Mas esse mal não pertence somente os filhos do Tio Sam. Infelizmente ela é uma praga mundial.
Com apreço,
Lucas Sanseverino

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*